A arte mosaicista de Leonardo Posenato

Obras do artista e arquiteto gaúcho podem ser vistas em várias cidades do Rio Grande do Sul

Um passeio por pontos turísticos do Rio Grande do Sul e um olhar atento ao redor, é possível se deparar com o trabalho único e exclusivo do artista Leonardo Posenato. Mosaicos de grandes dimensões podem ser encontrados em estações de trens da região metropolitana, prédios públicos de Porto Alegre, vinícolas da Serra Gaúcha, fachadas e interiores de igrejas, além hotéis e restaurantes. Formado em mosaico pela Scuola Mosaicisti, de Spilimbergo, na Itália, Posenato é especializado em obras de grande porte. Orgulha-se de ser o primeiro mosaicista brasileiro com formação tradicional pela instituição italiana, referência mundial na arte.

 

“A técnica que utilizo é do Mosaico Romano onde a clivagem e a fragmentação das pedras é feito com o martelo romano. O trabalho é artesanal e artístico, feito totalmente à mão. Cada obra é única”, afirma Posenato. As inspirações para suas obras são variadas. Vão desde elementos sacros, passando por animais, flores e objetos, até formas abstratas e personalidades. O mosaico é uma arte decorativa milenar que surgiu na época greco-romana. Pequenos fragmentos de pedras são agrupados para formarem lindos desenhos.

 

“Uso pedras de todas as partes do mundo, o que dá um diferencial e uma durabilidade incrível para a obra. Mármores Europeus e orientais compõe o meu trabalho”, conclui. O efeito estético, o bom gosto e a sofisticação são únicos. Cerâmica e porcelana, por possuírem uma beleza ímpar, além de cores e brilhos, também são utilizadas em peças. Outro fator de sucesso no trabalho dele é o uso das cores, um campo que exigiu muito tempo de estudo e muita prática. “Utilizo a Teoria das Cores, onde cada cor influencia a percepção da outra, por isso é necessário criar e harmonizar o que chamamos de família de cores para cada obra”, afirma Posenato.

 

Formado, também, em arquitetura, Leonardo está no mercado de mosaico há mais de 15 anos. Para que as peças de grande proporção saiam perfeitas, a tecnologia tornou-se uma aliada do artista. No projeto são utilizados modernos softwares que conseguem reproduzir o desenho em escala imensa, harmonizando a composição. “A geometria é colocada dentro da Proporção Áurea, a proporção de tudo o que existe na natureza, a mais agradável aos nossos olhos, assim do mesmo modo que fizeram os grandes pintores do renascimento”, conclui.

 

Confira abaixo alguns lugares onde as obras do artista Leonardo Posenato podem ser conferidas gratuitamente:

- Estação Petrobrás da Trensurb (Canoas):

Dezenas de paineis nas colunas da estação representando a Fauna da mata Atlântica

 

- Mercado Público de Porto Alegre: Mosaico Bará do Mercado e a Vaca de Ísis - participação no Cowparade 2010, que ficou eleita pelo público como uma das vacas mais bonitas;

 

- Vinícola Salton, em Bento Gonçalves: Fachada - recorde mundial como o maior relógio solar em mosaico -, paineis internos representando “A Vindima dos Amorins” - recorde como a maior reprodução dos mosaicos do mausoléo de Santa Costanza, em Roma – e mesa de degustação especial de vinhos finos com 3 metros de diâmetro - recorde mundial em tamanho e tema;

 

- Igreja Nossa Senhora Medianeira, em Veranópolis: Fachada representando a passagem Bíblica "Bodas de Caná", com um sofisticado efeito perspectivo, além de imagem santa no altar;

 

Igreja Nossa Senhora Medianeira, em Veranópolis

- Santuário Bom Jesus, em Nova Bassano: Anjo e Santo na Fachada;

- Torre da Igreja Nossa Senhora Conquistadora, em Salvador do Sul.

Compartilhar

Deixe seu comentário