Casal pede doações após acidente em viagem à África do Sul

Vaquinha pretende arrecadar 100 mil reais para auxiliar no custeio do tratamento e retorno ao Brasil

A viagem de Arianne Batisti e Lucas Pacheco da Silva à África, moradores de Esteio, município localizado na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi interrompida após um grave acidente. O casal partiu do Kruger Park, destino turístico conhecido pelos safáris, em direção a Joanesburgo quando um engavetamento deixou os turistas gravemente feridos.

Arianne Batisti afirma que conseguiu voltar ao país, mas seu namorado segue internado no país sul-africano. A advogada explica que o seguro contratado antes da viagem já expirou.

“Eu fiquei hospitalizada durante duas semanas e pouquinho e o meu namorado segue hospitalizado na África do Sul, ele está em coma induzido, então ele está na UTI desde que entrou no hospital. Nós tínhamos seguro viagem, no valor de 40 mil dólares para cada um. O seguro cobriu todas as minhas despesas, mas do Lucas já ultrapassou o valor do seguro, porque a diária da UTI que ele está lá é de 6 mil dólares”, explica Arianne.

Lucas está em coma induzido desde o momento da internação, mas já reage a estímulos externos. Ele está acompanhado dos pais na África do Sul, enquanto a namorada se movimenta para juntar o dinheiro necessário para o custeio do tratamento e retorno do empresário ao Brasil. Arianne relata as dificuldades de voltar de viagem sem o namorado.

“Está sendo difícil ficar longe dele, porque nós fomos juntos e eu queria retornar com ele, mas eu precisava voltar, porque meu seguro já estava acabando e também porque aqui eu tenho plano de saúde e eu podia vir me tratar aqui e também queria estar perto da minha família toda”, conta.

O casal recebe doações por meio de uma vaquinha online, com meta estabelecida em 100 mil reais. Até o momento, pouco mais de metade do dinheiro foi arrecadado. As doações podem ser feitas no link.

Compartilhar

Deixe seu comentário